Após denúncia, prefeitura demite funcionário dono de vans clandestinas no interior de SP

A prefeitura de Atibaia, no interior paulista, demitiu o funcionário que era dono de lotações que faziam o transporte clandestino de passageiros na cidade. A denúncia foi mostrada com exclusividade no Jornal da Record e revelou que o vereador Reginaldo Ramos, o assessor do político Aurelino Junior e o chefe do setor técnico de trânsito da prefeitura Leandro Maslowski são donos de alguns dos veículos. Sem regulamentação e sem fiscalização os veículos rodavam em situação precária e quase sempre cheios. O Ministério Público abriu investigação para apurar o envolvimento de políticos no esquema ilegal.