Brasil lidera ranking mundial em agressões a educadores

Nesta semana, o caso da professora agredida por um aluno dentro de uma escola em Santa Catarina chamou a atenção do País; mas o caso não é isolado. Segundo uma pesquisa da Organização para a Cooperação do Desenvolvimento Econômico, o OCDE, o Brasil ocupa o topo do ranking de violência nas escolas. Doze, em cada 100 professores sofrem agressão verbal e intimidação por alunos pelo menos uma vez por semana.