Empresas serão obrigadas a enviar informações de seus funcionários para o E-Social

O sistema, que já reúne os dados dos trabalhadores domésticos, também abrangerá a partir de janeiro do ano que vem funcionários das 14 mil empresas brasileiras com faturamento superior a R$ 78 milhões. A partir de julho de 2018, o E-Social passará a ser obrigatório para as demais, à exceção de micro e pequenas empresas. Com a nova tecnologia, o governo espera reduzir a quantidade de documentos enviados pelas empresas, além de melhorar a fiscalização.