Ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio tem prisão decretada novamente

Rogério Onofre foi preso em junho, em um desdobramento da Lava Jato, acusado de receber propinas de empresários do setor de transportes. Na terça-feira (22), ele foi posto em liberdade pelo ministro Gilmar Mendes, do STF. Mas a procuradoria fez novo pedido de prisão. E o juiz Marcelo Bretas aceitou o argumento de que Onofre tenta obstruir a Justiça, ameaçando réus no processo.