Incendiários de ônibus na mira da polícia

O caso aconteceu no bairro Independência, na Região do barreiro quando populares revoltados com uma desapropriação da Cemig, teriam ateado fogo no coletivo como forma de protesto.