Justiça derruba liminar que suspendia aumento dos impostos dos combustíveis

O Tribunal Regional Federal do Distrito Federal derrubou, nesta quarta (26), a liminar que suspendia o aumento do imposto sobre a gasolina, o diesel e o etanol. O juiz foi favorável ao recurso apresentado pela Advocacia Geral da União, que alegou que, sem os tributos, o Governo perderia mais de R$ 10 bilhões contribuiriam para o equilíbrio das contas públicas. Com a medida, um novo reajuste nos combustíveis deve chegar às bombas nesta quinta (27).