Presença de aiatolá no Brasil gera polêmicas e protestos

A presença do aiatolá, Mohsen Araki, no Brasil gerou protestos esta semana. Ele é acusado de ligação com o terrorismo e defende, publicamente, a destruição de Israel, o país dos judeus. A visita do líder muçulmano poderia passar despercebida se não fossem as fotos feitas por uma pessoa que estava no aeroporto na hora de seu desembarque. Acompanhe na reportagem.