Temer acaba com reserva na Amazônia e deixa o mundo em alerta

O fim da reserva de 46.000 Km², área praticamente inexplorada da floresta amazônica, foi anunciado na última quarta-feira (23), pelo presidente Michel Temer. A notícia teve impacto mundial e gerou revolta em ambientalistas e celebridades. Apesar do choque para a população, os empresários canadenses, que têm interesse em investir na região, já sabiam dos planos do Governo há meses. De acordo com a BBC, o próprio ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, teria aproveitado um evento para empresários em Toronto, no Canada, para ‘espalhar’ a informação. Além da preocupação com o desmatamento, especialistas estão em alerta para a situação de duas reservas indígenas que ficam dentro da área.